Início do conteúdo

Experiências da Comunidade do IFRS – Memórias da pandemia de Covid-19

Projeto coletivo envolvendo os Núcleos de Memória (NuMem) Locais e Reitoria visando registrar nos 17 campi as experiências da comunidade escolar do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul durante a pandemia da Covid-19, contemplando docentes, técnicos, discentes e dirigentes, a partir das perspectivas e métodos da História Oral.

Mal o ano letivo de 2020 havia começado, acompanhávamos notícias de uma pandemia que progressivamente chegava ao país. Era a Covid-19, que levou à suspensão das atividades no IFRS em março por 15 dias, posteriormente um mês, por fim, meses… rotinas foram alteradas e protocolos foram estabelecidos, impactando nas atividades administrativas e nas ações Ensino, Pesquisa e Extensão da instituição. Enquanto na segurança do lar, com as incertezas do período, todos tiveram de se adaptar ao trabalho e às aulas remotas, mantínhamos contatos à distância, tomados de incertezas sobre o que viria. Foi um período difícil, com reflexos na vida dos estudantes, servidores e dirigentes do IFRS, tendo em vista o afastamento abrupto do espaço escolar, das dificuldades financeiras, das perdas ocasionadas pela Covid-19. Foi um período de reflexão, resistência e mobilização da comunidade do IFRS para superar esses momentos até o progressivo retorno presencial em 2022.

Para cristalizar a memória destes tempos tristes que criamos este projeto. O Núcleo de Memória do IFRS, um programa institucional de caráter multicampi e interdisciplinar, tem como missão estudar, debater e preservar a memória e História desta instituição. Por isso, tão importante quanto a guarda de documentos e registros institucionais, também a produção destes. Em um tempo “fora do curso”, em que todos tivemos nossas vidas afetadas, o que restará para estudo de tudo isso, além de nossas memórias pessoais e das gravações das lives e aulas? O Numem se coloca com um espaço para olhar e produzir e pensar sobre esse tempo.

Campus Erechim realizou a primeira Cerimônia de Colação de Grau por meio de webconferência da história do campus (2020). Foto: Comunicação IFRS Campus Erechim. Acervo fotográfico NuMem/IFRS

O objetivo principal do projeto é recolher depoimentos da comunidade do IFRS, sendo docentes, discentes e técnicos, sobre a vivência do Ensino Remoto no contexto da pandemia de Covid-19, nos diversos campi do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, a partir das perspectivas e métodos da História Oral.

Como objetivos específicos:

  • Recolher os depoimentos de estudantes, docentes, técnicos e gestores sobre a experiência do ensino remoto e demais atividades institucionais com fins a produzir documentos para posteriores pesquisas; 
  • Através do ato de contar sua história, auxiliar na elaboração das vivências desse período traumático da sociedade brasileira;
  • Pela formação de acervo a ser disponibilizado no repositório digital do NuMem/IFRS, a de modo a permitir que os futuros pesquisadores e pesquisadoras tenham materiais para possibilitar reflexões pedagógicas, sobre acertos e erros, sobre didáticas aplicadas, avanços e possibilidades a fim de ampliar o campo de conhecimento da educação. 
  • Registrar a memória do período para que pesquisadores e pesquisadoras possam, através do uso desta documentação, produzir historiografia sobre o período 2020-2022.

Coordenam o projeto a representante do NuMem Campus Canoas, Sandra Donner (sandra.donner@canoas.ifrs.edu.br), e o presidente da Comissão Central do NuMem, Marcelo Vianna (marcelo.vianna@osorio.ifrs.edu.br), além de coordenadores vinculados aos NuMem Locais e seus apoiadores.

Protocolo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP/IFRS): 57763622.1.0000.8024

Você gostaria de conceder um depoimento ou doar um material a respeito dessas memórias? Entre em contato conosco a partir destes formulários:

Interesse em conceder depoimento: https://forms.gle/qSGsJsgPSaVTKNQu6

Doação imagens: https://forms.gle/ojCy8s4BgpDMALk78

Fim do conteúdo