Pular para o conteúdo
Início do conteúdo

Campus Vacaria

Fachada do Campus Vacaria

O Campus Vacaria iniciou suas atividades em 2006 como uma extensão da Escola Agrotécnica Federal de Sertão. Em 2009, o polo de Vacaria passou a integrar o Campus Bento Gonçalves do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS). Nos primeiros anos funcionou junto às instalações da Associação dos Técnicos Agrícolas de Vacaria (Atav) e, em 2010, mudou-se para o prédio do antigo Seminário Diocesano do município.

A federalização ocorreu em agosto de 2011, quando o polo passou a ser um campus em implantação do IFRS. Em 2012 e 2013, foram ofertados cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) e técnicos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e ao Emprego (PRONATEC). Em 2013, tiveram início as obras para a construção da sede definitiva da unidade, no bairro Distrito Industrial III. A autorização de funcionamento do Campus Vacaria ocorreu somente em 22 de janeiro de 2015, através da Portaria nº 27, de 21 de janeiro de 2015, publicada no Diário Oficial da União.

Construção da sede própria do Campus Vacaria. Data: 2015

 

Construção da sede própria do Campus. Data: 2015.

Construção da sede própria do Campus. Data: 2015.

 

Construção da sede própria do Campus Vacaria. Data: 2015

Construção da sede própria do Campus Vacaria. Data: 2015

Campus Vacaria passou a funcionar em sua sede própria no ano de 2015. Um espaço de 2500 m² e amplas instalações.Atualmente oferta cinco cursos técnicos e dois superiores e atende cerca de 570 alunos, ocupando uma posição estratégica na região com vários municípios em seu entorno.

IFRS. Histórico do Campus Vacaria.

IFRS.Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) do IFRS – 2019-2023.

Fim do conteúdo